24 outubro, 2006

A prova do crime

Ora aqui está a foto prometida!

E mais uma...

E outra ainda...

Digam lá se o meu marido não é um excelente dono de casa?!!


16 outubro, 2006

A tristeza...


Assolou-nos de novo, e não nos dá tréguas…
Querida Cláudia, não tenho palavras para minimizar a tua dor. Quero apenas que saibas que estou aqui para o que precisares.

Um beijinho no teu coração
Bacokinha

13 outubro, 2006

O regresso

Pois é amigas, cá estou de novo, pronta para a luta.
Queria agradecer a todas sem excepção todo o carinho que me dedicaram nestes últimos dias. Foi importantíssimo.
Desta vez o esforço foi em vão, mas para a próxima ganho eu.
Não estou triste, apenas cansada. Vou parar por uns tempos para depois regressar com os pés assentes no chão. Tenho consulta no Hospital de Gaia marcada para Dezembro e não sei se irei fazer lá o próximo tratamento. Mas para já vou descansar de tudo isto. É muito desgastante psicologicamente. Estes 12 dias em casa fazem milagres. Pela negativa!
Pensando em tudo isto, tiro a seguinte conclusão: (Isto em tom irónico, é claro!)

PERDI:
Perto de 5000 € (com ttt, medicação, exames, deslocações);
12 Dias de férias espectaculares;
1 Viagem que deixei de fazer (ou era o ttt ou a viagem, as duas está fora de questão);
Vontade de estar deitada até ás tantas. Nunca mais!

GANHEI:
Uma avaria no meu carro, outra no do meu marido. (um pifou no dia da transferência, tivemos que voltar de táxi. O outro pifou por estar 2 semanas parado);
Um empregado maravilhoso, que me fazia o pequeno-almoço, almoço e jantar (o meu marido, é claro), pena ter que comer praticamente todos os dias batatas fritas;
Pilhas de roupa para lavar e passar a ferro;
Montes de papelada que ficou em atraso no escritório;
Uma dor nas costas por estar tanto tempo na cama;
Pratica de inventar desculpas para justificar á família as minhas férias sem poder sair de casa, nem para tomar café;
Uma vontade de me levantar cedo, arrumar a casa, sair, pular, cantar, trabalhar… tudo o que não pude fazer estes dias.

Bem… fazendo o balanço, acho que não tá mal… são mais os pontos positivos que os negativos, não são?!! :)
Se vir bem, acho que fiquei a ganhar!!!

Um beijo grande, e, mais uma vez, MUITO OBRIGADA!

Bacokinha

PS: Depois mostro as fotos do estado caótico em que ficou a minha casa. Não tenho um trapo lavado para vestir. O meu marido não conseguia, apesar de estar o dia todo em casa, fazer pequeno-almoço, almoço, jantar, lavar a loiça, arrumar e ainda por cima colocar a roupa na maquina. É demais para um só ser!!! Lolllll
Enfim… Homens! :)

11 outubro, 2006

Negativo!

Infelizmente trago-vos uma triste notícia. O resultado foi negativo....
Vamos deixar muitos miminhos à nossa menina para que ela sinta o nosso carinho neste momento de dor.

(Cláudia)