21 novembro, 2006

Coisas da vida...

Hoje ao ler o post da Claúdia Vieira fiquei com o coração tão apertado que quase sufoco.
Consigo rever perfeitamente tudo aquilo por que passei há um ano e meio atrás, e que penso já ter conseguido ultrapassar.
Eu perdi o meu irmão, mas a Claúdia perdeu os filhos. Tenho plena consciencia da dor que sofri e imagino o sofrimento dela. Só de pensar nisso consigo fico sem forças.
Tambem eu não podia ouvir a palavra Nuno. As lagrimas teimavam em cair, fosse onde fosse.
Cláudia, não te posso dizer que a saudade desaparece, mas acredita que o tempo tem o condão de a minimizar.
Tambem eu chorei, e muito, mas posso dizer-te que hoje o meu sorriso é bem maior que a minha tristeza.
TU TAMBEM VAIS CONSEGUIR!!!
Um beijo bem docinho
Bacokinha

PS: Já te disse que os teus meninos tem um anjo da guarda, não já?

16 novembro, 2006

A consulta pós-negativo

Foi rápida e indolor! :)
Mal entramos, fui fazer a eco para saber se os ovários já estavam recompostos, e pelas informações do Dr. Teixeira da Silva, está tudo ok.
Pois é. Então se comigo está tudo ok, porque é que as coisas não funcionaram?
Não há respostas.
Colhemos 7 ovulos (uma média razoável), fecundaram 4 (percentagem superior a 50%) e transferimos 2 de qualidade B (um com 8 celulas e outro com 12).
Tinha tudo para dar certo, mas nada é garantido, como sabiamos desde o inicio. Por palavras simples do Dr. "A quimica entre embrião e endometrio não funcionou".
Paciência. Há azares piores... Mas cada um sabe dos seus...
Eu, como vivo muito os azares dos outros, acho que o que me aconteceu não é o fim do mundo. Nem nada que se assemelhe.
Então: temos consulta marcada no publico para meados de Dezembro. Se decidirem avançar com o ttt, ficamos pelo publico. Se necessitarem de mais um kilo de exames, inicio nova ICSI no Prof Alberto Barros em Janeiro.
Não estou contente com a decisão, mas os anos passam e não tenho alternativa a não ser investir o mais depressa possível outros 5000 €.
De qualquer das formas não me posso queixar. Só tenho pena de continuar a não acreditar que vai ser desta, e de partir do pressuposto que vai ser dinheiro deitado fora.
E não sei porquê, mas parece-me que daqui para a frente vai ser pior. Ideias...

Beijinhos
Bacokinha

13 novembro, 2006

É já amanhã!

Pois é! O dia 14 chegou mais depressa do que esperava, e amanhã tenho a minha consulta pós-negativo. Vou ficar a saber o que não correu bem e o que podemos fazer para a proxima ser de vez.
O proximo tratamento ficará para o inicio de 2007. Não sei onde. Só sei que o vou fazer!

Um beijo
Bacokinha