18 abril, 2008

Diferenças...

As imagens dizem tudo sobre o que a minha filha fez por nós. De um vazio imenso, passamos a um estado de côr e felicidade.

Algum tempo atrás


Hoje


Espero do fundo do coração que todas possam, um dia, encher a casa de côr.

14 abril, 2008

De regresso!

Pois é! Sei que tenho andado desaparecida, mas estes ultimos tempos, alem de cansativos físicamente, estão a ser um martírio com a ansiedade tambem.
Os pés já me incham bastante e fico com a perna esquerda presa, vá-se lá saber porque razão, o que me impede de andar "normalmente". Até tenho vergonha de andar na rua, pois manco imenso.
Já estou em casa com baixa desde 6ª feira passada, o que tem ajudado a descansar o corpinho, mas a ansiedade...
Tenho imenso medo do parto. Medo das dores, medo de não conseguir fazer a expulsão, medo que a bebé tenha algum problema, medo de não conseguir amamentar, medo de não saber tratar da menina, medo de não descansar o suficiente e não olhar por ela como deve ser, medo de ter outro "ser" cá em casa além de mim e do meu C. e não saber lidar com isso... Estou apavorada.
Sei que nem devia sequer pensar nisso. Até me culpo, porque há tanta gente que gostaria de estar na minha situação, mas é mais forte que eu. Não consigo evitar.
Já estou na recta final e a data do parto aproxima-se a olhos vistos, mas ainda vou ter tempo de vos mostrar algumas fotos da minha barriguita.
Obrigada a todas que me tem contactado e desculpem se ainda não respondi aos vossos e-mails e SMS, mas começo a ficar mesmo "down" com isto tudo.
Um beijinho enorme da gravidissíma, gordíssima e ansiosíssima
Bacokinha